Notíciais

Cerveja BOHEMIA Mexicana?

Por Helena Carvão

Derscobri que existe uma fábrica de cerveja Bohemia no México, ela tem alguma ligação com uma das primeiras cervejas feita industrialmente na cidade de Petrópolis no Brasil?

 

Vamos descobrir, leia o artigo.

A  cerveja Bohemia Mexicana.

Cervecería Cuauhtémoc Moctezuma-(Cerveceria Cuauhtémoc Moctezuma-Heineken) (Inglês: Cuauhtémoc Moctezuma Brewery-) é uma grande cervejaria com sede fixada em em Monterrey , Nuevo León , México , fundada em 1890 Atualmente ele é uma subsidiária da Heineken International .

A empresa opera fábricas de cerveja em Monterrey , Guadalajara , Toluca , Orizaba e, a partir de 2012, Chihuahua , produzindo a Dos Equis , Sol, Bohemia, Superior, Carta Blanca , Noche Buena , Indio, Casta e Tecate marcas, entre outros. Ele tem uma produção anual de 3,09 GL (gigalitres).

A Bohemia Brasileira

Foi fundada em 1853, pelo colono alemão Henrique Kremer, ou seja 37 anos antes da mexicana. Na época artista com o nome de cervejaria Bohemia. Quando ele faleceu em 1865, a empresa ficou com os seus herdeiros, que a rebatizaram de Augusto Kremer & Cia. Pouco depois de uma década com a separação dos sócios, a empresa ficou a cargo de Frederico Guilherme Lindscheid.

Na época de sua fundação, a Bohemia preservou as características das cervejas alemãs, com uma produção inicial de seis mil garrafas por mês. O produto era distribuído através de charretes, carros puxados por animais etc., e as vendas eram feitas diretamente. Mais tarde, as vendas passaram a ser feitas através de revendedores da região de Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Características da Bohemia Brasileira

Com o passar do tempo, as características amargas e fortes das cervejas alemãs foram sendo alteradas, para entrar em conformidade com o mercado da época e com as marcas concorrentes, e o sabor ficou mais leve e menos amargo, chegando ao ponto de como é vendida hoje.

Com o controle nas mãos de Frederico, a empresa mudou de nome para Imperial Fábrica de Cerveja Nacional e, com sua morte em 1898, sua a filha que era casada com Herique Kremer Jr., o neto do fundador da empresa, criou a Companhia Cervejaria Bohemia.

Em 1960 a empresa foi comprada pela Companhia Antarctica Paulista, com produção na época de dez mil dúzias por mês. Atualmente faz parte da AmBev.

Em 2002, foi lançada a bohemia escura, cerveja do tipo Schwarzbier, utilizando maltes raros importados de Munique. A diferença é uma cor única, um sabor especial, mais suave, envolvente e uma espuma aveludada, encorpada e cremosa.

A Bohemia Weiss (feita de trigo)

No Brasil em 2003, foi lançada a bohemia weiss. com alta fermentação e alto teor alcoólico (6%), que resulta em um sabor encorpado e forte, não passa pelo processo de filtração.

No México a Cuauhtémoc Moctezuma acrescentou um estilo artesanal de cerveja de trigo para a linha -. "Bohemia Weizen" praticamente o mesmo nome da nossa brasileira. foi lançado no verão de 2011 

Visitação à cervejaria

A fábrica da Bohemia mexicana a Cuauhtémoc Moctezuma Brewery pode ser visitada. O horário é de segunda a sexta das 9:00 às 17:00 horas e sábado das 9:00 às 14:00 h. Tours estão disponíveis de forma gratuita e são oferecidas em Inglês e Espanhol.

A cervejaria tem uma esplanada que oferece uma taça de Bohemia, Dos Equis, ou Carta Blanca. O jardim dispõe de máquinas de antiga cervejaria e um caminhão de cerveja centenária.

A Visitação no museu da Bohemia de Petrópolis é de quarta a domingo, a entrada é R$ 23,00 reais, afinal aqui é Brasil, aonde conseguimos algo de graça nesse país????? E o horário é de 11 às 18:00, durante a visita são oferecidas duas desgustações. O museu é bem tecnologico e parece coisa de primeiro mundo, o visitante ainda pode levar uma cerverja Bohemia rotulada com seu nome, por atualmente R$ 19,00 reais.

Conclusão, a cerveja Bohemia Brasileira foi inventada anos antes, o que nos leva a crer que a cerveja mexicana foi inspirada na brasileira, porém seus donos e idealizadores não tem a menor ligação.

Gostaria de provar a Bohemia mexicana, mas na dúvida fico com a brasileira, que ao meu entender é a original.

Saúde!


© Circuito Livre - 2010. Todos os direitos reservados. Todo conteúdo é de inteira responsabilidade do Circuito Livre Desenvolvido por: Augusto Saggese